segunda-feira, 7 de maio de 2012

Maquiavel não foi maquiavélico

Ano que vem teremos 500 anos de O Príncipe (escrito em 1513).
Já é hora de se separar o autor de interpretações redutivas sobre o autor.
Maquiavel não foi um "professor do mal", mas um "pensador do mal", nunca escreveu que fins justificam meios, nunca defendeu a manutenção do poder a qualquer custo.
É um autor complexo e, como autores complexos, vítima de simplificações redutivas e de traduções levianas.

Um comentário:

Eni disse...

Ou não alcanço o nível intelectual dos outros ou não entendi a obra,pois nunca vi Maquiavel como maquiavélico,e sim como um realista descrevendo o que ele via.